Cada vez que você compra um filhote, morre um animal na carrocinha ou num abrigo.



domingo, 9 de setembro de 2007

ESTERILIZAÇÃO - Um ato de amor

O QUE É ESTERILIZAÇÃO (castração)

É uma cirurgia que impede a procriação sem controle de cães e gatos (machos e fêmeas).

Consiste na:
- retirada do útero, trompas e ovários da fêmea (ajuda a impedir tumores e infecções nos órgãos reprodutores);
- retirada dos testículos do macho.

A cirurgia é feita com anestesia geral, é simples e dura em média uma hora. O animal não precisa ficar internado e leva em torno de uma semana para se recuperar totalmente. A cirurgia pode ser feita a partir
dos 3 meses de idade e, no caso da fêmea, não há problema em castrá-la antes do primeiro cio.

Lembramos que o gato se reproduz de 3 em 3 meses, e o cachorro de 6 em 6 meses, ficando difícil encontrar um lar para todos esses animais.

- Você sabia que para cada criança que nasce, nascem 15 cachorrinhos e 30 gatinhos?
- Você sabia que um casal de cães durante sua vida reprodutiva útil (6 anos) pode gerar até 60.000 descendentes.

É certo que com a superpopulação desses animais aumenta o número de bichos soltos nas ruas, atropelamentos e acidentes de trânsito; as agressões às pessoas por esses animais; a crueldade com os animais e as zoonoses. Tudo isso ocorre porque há mais filhotes do que lares responsáveis por eles. Somente um em cada 6 cachorrinhos consegue adoção e para gatos, apenas um em cada 12 consegue um lar. Para os animais sem lares a única solução viável pelo Estado, é o sacrifício. Portanto, o momento de prevenir o sofrimento é antes que ele inicie, esterilizando os animais (fêmeas e machos).


VANTAGENS DA ESTERILIZAÇÃO

- Solução definitiva contra a reprodução desenfreada;
- Menor risco de câncer de útero, mama, ovário e próstata;
- O macho perde o hábito de urinar para demarcar território;
- O cio e o sangramento deixam de ocorrer;
- O animal fica mais caseiro e assim acabam as fugas, que geralmente acarretam atropelamentos e maus tratos;
- Termina o incômodo do barulho, em função dos cios.
- A esterilização favorece o aumento da qualidade de vida do animal.

Diferentemente do que pensam, a cadela e a gata não necessitam ter uma cria para evitar doenças no útero. Ter uma cria não acrescenta saúde ao animal e sim mais animais ao problema. Quanto mais cedo for feita a castração menores as chances de desenvolver tumores de mama. Ademais, 60% das cadelas adultas não castradas podem ter uma doença chamada piometria, cujo tratamento envolve a castração.


Não é necessário aguardar o 1º cio de sua cadela ou gata para ser castrada.
Quanto mais cedo melhor! Evita problemas futuros de saúde ao seu animal."

Um comentário:

dona sra Urtigao disse...

A castração não é a unica forma de esterilização, sendo que castrar vai alterar tambem as condições "psiquicas" ou instintivas e comportamentais do animal.Não deixa de ser uma forma nazi de "amor"pelo animal.Uma quase lobotomia. Meus cães são vasectomizados. Tenho machos e fêmeas que não reproduzem a anos e com uma interferência bem menor a seus direitos de animais, de exercerem suas qualidades e não só se tornarem bibelôs viventes.