Cada vez que você compra um filhote, morre um animal na carrocinha ou num abrigo.



terça-feira, 29 de julho de 2008

Castrada em 29 de julho

Responsável: Maria Helena

Direto da praia de Imbé: Maresia!

Era uma vez, duas cachorrinhas que viviam nas ruas da praia de Imbé, no litoral do RS. Como não tinham casa onde pudessem ficar separadas dos cães machos e não eram castradas, engravidaram e ganharam seus filhotes em uma toca cavada por elas mesmas, nos cômoros de areia, quase na beira do mar.

Duas mães, duas ninhadas, dez filhotes e uma toca na areia.

As mamães e os bebês começaram a ser cuidados por algumas pessoas que levavam comida e pediram ajuda para tirá-los de lá antes que viesse uma chuva muito forte e frio. Começou uma campanha na internet e conseguiram com que várias pessoas se responsabilizassem pelos filhotes. Duas mamães que se revezam nos cuidados com eles. Enquanto a cadela marrom linda e gorda vai dar de mamá, o mais clara fica de guarda, um pouco mais acima, extremamente vigilante e alerta. Quando se aproxima alguém ela já late e faz a guarda. Enquanto isto os bebês mamam... E assim ambas cuidam muito bem deles. As mãezinhas pregaram um susto nas pessoas que estavam alimentando a turma. Mudaram de toca! Cavaram outro buraco e levaram todos os filhotes para a nova casa.

Nesse meio tempo, também ganharam uma casinha que foi colocada ao lado da toca.

Todos os filhotes conseguiram uma madrinha cada um e as mães vão ganhar a castração. Uma madrinha trouxe os bebês para Porto Alegre onde foram encaminhados para suas novas madrinhas. Eu fiquei com um bebê, a Maresia. O nome é porque eles têm um cheirinho de peixe... pensei em chamá-la de bacalhau, sardinha, tainha mas achei que Maresia era mais delicado sem perder o "aroma" natural.

Para adotar a Maresia, que deverá ser de porte médio-grande, já come ração seca e já tomou remédio para vermes, entre em contato comigo pelo e-mail adoteumfocinho@terra.com.br. Para adotar um dos seus irmãozinhos, entre em contato com uma de suas madrinhas, pelos endereços abaixo:

leonise10@gmail.com com Leonise, que ficou com 1 fêmea marrom.

Thiane_nunes@yahoo.com.br com Thiane, que ficou com 1 fêmea branquinha, como a Maresia.

luciane@unifin.com.br a Luciane trouxe os bebês da praia para Porto Alegre e continua ajudando os 3 que ficaram lá para mamar mais um pouco pois eram muito pequenos.

Demais filhotes, uma fêmea marrom e um machinho branco com manchinhas:
josiane@focinhoonline.com.br
mern1964@yahoo.com.br
Jussara@elonet.com.br

Essa história ganhou um vídeo no YouTube, não deixem de assistir:

http://www.youtube.com/watch?v=2b8p0Z4yfiA

domingo, 27 de julho de 2008

Béck


O Béck tem esse nome por se parecer com o David Beckham. Não é idêntico?! Ele nasceu em fevereiro de 2008, num terreno onde havia uma colônia de gatos, com quase 30 felinos. Atrávés do Projeto Castracãoegato conseguimos esterilizar todas as fêmeas do local e os filhotes que iam nascendo, após desmamar, eram retirados de lá para ir para adoção. É o caso do Béck. O problema é que eles eram muito ariscos, uns bichinhos do mato mesmo e demorou um pouco para amansar as ferinhas. Mas hoje o Béck é um gato muito carinhoso e dengoso.Adora conversar com um miadinho bem baixinho...
Se interessou por ele? Escreve uma mensagem para o endereço adoteumfocinho@terra.com.br para combinar uma visita e veja outros gatos no link "gatos".

sábado, 26 de julho de 2008

Todos os focinhos que aparecem aqui passaram por algum tipo de dificuldade. A maioria foi abandonada no portão aqui de casa. Normalmente, são filhotes em caixas mas a nova mania é jogá-los por cima do muro. Foi o que aconteceu com a Sara e a Feliska e seus bebês, entre outros. Já aconteceu de abandonarem uma cadela adulta dentro de um saco de lixo... fechado!
Estes cães passaram pelo azar do abandono mas tiveram a sorte de serem resgatados. Agora, precisam encontrar um lar definitivo. E é isso que eles desejam: uma família. Eles não querem ficar amarrados num canto ou vigiando um pátio ou uma empresa. Por isso, se você está procurando um amigo, um companheiro, alguém para fazer parte da sua família, pode começar procurando aqui. Se você está procurando lealdade, vai encontrar aqui.

"Lealdade: qualidade de cachorro que nem todas as pessoas têm."

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Para crianças politicamente corretas...

Não atire o pau no ga-to-to
Que o ga-to-to
Não fez na-da-da.
Dona Chi-ca-ca
Admirou-se-se
Como o gato, como o gato é camarada! MIAU!!!!
Ou ainda:
Não atire o pau no ga-to-to
porque isso-so
não se faz-faz-faz
o gati-nho-nho
é nosso ami-go-go
Não devemos, não devemos
MALTRATAR OS ANIMAIS - JAMAIS!!!

Mia - outubro/2009

Cresceu! A Mia cresceu e já foi até castrada. E continua esperando pela adoção... tão meiga!

Ela está crescendo enquanto espera a adoção... A Mia miona!
Muito dócil, carinhosa! Por que ninguém adota ela???
A Mia nasceu no dia 10 de setembro, seus dois irmãos já foram doados...

quarta-feira, 23 de julho de 2008

Jujú


A Jujú é um dos bebês que nasceram no terreno da Saturnino. Apesar de novinha, chegou aqui bem arisca. Nada que uma boa dose de carinho não resolva. Já está socibilizada e dengosa.
Situação atual: para adotar...


.

terça-feira, 22 de julho de 2008

Tatá


A Tatá foi encontrada na rua, dentro de uma caixa de papelão, junto com outros dois gatinhos, a Cherry e o Burú. Isso foi no dia 11 de dezembro de 2007 e eles deviam ter uns 3 meses. A Tatá já está castrada e espera anciosa pela adoção. Ela adora brincar com a Mia. as duas correm juntas por tudo que é canto, brincam, brincam até cansarem. Aí, na foto, ela tá cansada. Olhem a carinha dela...
Situação Atual: para adotar...

Melissa - castrada em 22 de julho

Gato-despertador

Este vídeo, talvez só os gateiros entendam...

video

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Toston

O Toston chegou aqui no dia 13 de julho, um domingo de inverno que mais parecia verão. Um domingo perfeito para quase todo mundo...menos para ele. O Toston estava preso no porta-malas de um carro cujas únicas frestas que tinha eram as de ferrugem. Por um desses buracos de ferrugem ele colocava parte do focinho prá fora e chorava. Mas chorava muito e por muito tempo pois a primeira vez que ouvi um choro de bebê eram 8h30. Olhei nas casas em volta e não vi nada até que, 10h30 voltei lá pois o choro continuava. Procurei pelos bueiros para ver se não tinha caído até que alguém apontou para o carro estacionado em pleno sol. Até conseguirmos abrir o porta-malas já eram 11h30. Tadinho!



Refeito do susto, o Toston tem se mostrado um filhote muito carinhoso e obediente. Não deve ter 2 meses ainda. Não tenho idéia do tamanho que será. Ele parece um ursinho mas acho que não será muito grande...

Totoco - castrado em 21/07/08


Castrado em 21/07/08

Gordo - castrado em 21/07/08


Castrado em 21/07/08

domingo, 20 de julho de 2008

sábado, 19 de julho de 2008

Dona Efigênia - Parte 2

A Dona Efigênia já fez a cirurgia para retirada dos nódulos. Os nódulos estavam ulcerando e teve que ser retirada as 2 cadeias mamárias. Além disso, ela foi castrada. Foram realizados exames de Raio-X e de sangue antes, para ver as condições de saúde dessa senhora e a cirurgia foi com anestesia inalatória.



Apesar do Raio-X demonstrar que ela tem o coração aumentado, ela reagiu muito bem ao procedimento e teve uma ótima recuperação. Ficou na clínica até a retirada dos pontos e voltou para casa lépida e faceira. Nem parecia a mesma cachorra que foi.



Acho que a cirurgia retirou, além dos nódulos, a bipolaridade dela pois agora ela é uma cadelinha muito tranquila. Segundo o veterinário, os nódulos deviam incomodar muito. Apesar da visão não ser 100%, brinca muito com os filhotes, como dá prá ver no vídeo. De agora em diante vai precisar tomar medicação todos os dias, para o coração e mais um fortificante.



Além de ajuda para pagar a cirurgia dela, aceitamos doação de comida em latinha pois a Dona Efigênia não tem nenhum dente... e ração para filhotes. Interessados em ajudar, favor mandar uma mensagem para o endereço adoteumfocinho@terra.com.br

4 anões e Dona Efigênia

Gravei esse vídeo agora de tarde. Dona Efigênia, pós-cirurgia, brincando com os 3 anões e o intruso Toston, que chegou aqui no domingo passado. Quem diria! Dona Efigênia, a bipolar, voltou da cirurgia muito bem. Animada, carinhosa, não dá prá acreditar que é a mesma cadela. Divirtan-se e divulguem os filhotes para adoção, por favor!

video

sexta-feira, 11 de julho de 2008

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Delores - esterilizada em 09/07/08

Agora, são 4 anõezinhos...

Terça-feira, dia 24, os 7 anõezinhos tomaram seu primeiro banho. Liguei a estufa no banheiro e nem assim eles gostaram da brincadeira. Mas o soninho pós-banho eles curtiram!

E o ranguinho pós-soninho então... ops! tem um gato intruso no meio. É o Béck que quer fazer tudo o que os 7 anões fazem. Ou melhor, quase tudo pois ele ficou bem longe na hora do banho...

Dos 7 anõezinhos, 2 meninas foram doadas na quinta-feira, dia 26 e outra, a Feliz, foi doada na sexta, dia 27. Ainda tem 2 machinhos e 2 fêmeas. Olhem que gracinhas eles são:


video

Dona Efigênia - Parte 1

Encontrei a Dona Efigênia no sábado, dia 14 de junho, quando estava procurando o Bob Magrão Vauvau, cão da vila que ganhou um banho de uma madrinha. Não achei o Magrão e encontrei a Dona Efigênia enroladinha no canteiro de um condomínio. Fui dar ração para ela, que respondeu tentando me morder. Qual não foi a minha surpresa quando vi que não tinha um dente sequer naquela boca... na dúvida recuei pois nunca levei mordida de uma gengiva para saber se dói ou não. Ela levantou para avançar em mim e vi que a patinha traseira parecia uma sanfona. Ela é tri-pé! As tetas estão cheias de nódulos... e ainda por cima é cega! Ficava tentando morder o ar! Depois de rir daquela situação, pensei que era muita desgraça para uma bichinho só. Perto dela tinha um pratinho com água e um tapetinho. Uma vizinha apareceu e contou que ela apareceu lá do nada. Certamente foi abandonada ali.
Deixei a ração lá e voltei para a casa sem o Magrão e com um pensamento martelando minhas idéias... como alguém tem coragem de fazer isso? Abandonar um bichinho quando ele mais precisa da gente. Já estava quase anoitecendo e o frio aumentando. E minha angústia também! "estou com super-população, não posso pegar mais!"... voltei lá e peguei ela.

Em casa, ela só fez dormir. Dormir, dormir e comer. Olhem que engraçado: não tem dentes para segurar a língua! Ela parecia muito mau-humorada. Sempre mostrando aquela boca cheia de gengivas. No outro dia tava bem dócil. Duas horas depois mostrava a gengiva de novo... ela tem Halzheimer!!!!! Ou é bipolar.
O banho que era para o Magrão ficou para a Dona Efigênia. O tio Marcio cuidou dela bem direitinho e a deixou bem cheirosinha! Obrigada pelo banho dinda Tatiana!

O próximo passo é tratar dos nódulos nas tetinhas. Quanto a visão, acho que não é 100% cega.
Essa semana ela vai ao veterinário e assim que tivermos notícias avisamos aqui.

Cachorrinha vira-lata faz coleta seletiva

A coleta seletiva ganhou nova aliada: Dizzy, uma cachorrinha que separa os resíduos da casa onde mora, em Newquay (Cornwall), na Inglaterra. A vira-lata de 2 anos é também uma cata-lata. Separa avidamente alumínio, papel e garrafas PET. Ao ponto de não se poder tomar bebidas em latinhas sem que ela fique de olho e ainda se tenha de checar o trabalho da pequena catadora.




- Às vezes temos que checar no lixo se ela não pegou nenhuma correspondência que ainda não foi aberta - explica sua dona, Emma Trebilcock, ao jornal inglês Metro.

- Você não pode beber refrigerante ou cerveja porque ela quer a latinha. Pedimos a nossos amigos que bebam em copos de vidro, senão ela não pára de rondar - conta Emma.

A família diz que não a levou a treinamentos especiais. Acredita-se que Dizzy tenha aprendido boas maneiras apenas por perceber a atitude ecológica de seus donos.

Segundo a BBC, a cachorrinha foi adotada de uma organização de proteção dos animais, a St. Francis Home for Animals. Mas uma representante do local avisou que o crédito é todo da família:


- Quando eles a levaram para casa, ela ainda era um filhotinho. Isso é obra dos seus donos.

Segundo a mãe de Emma, Kim Makin, o animal também ajuda a levar meias para a máquina de lavar:


- A gente nunca havia visto um cachorro como este. Quando contamos aos nosso amigos e vizinhos que não a conheçam, eles não acreditam.

fonte: http://oglobo.globo.com/ciencia/salvevoceoplaneta/mat/2008/04/28/cachorrinha_vira-lata_faz_coleta_seletiva-427108002.asp

terça-feira, 8 de julho de 2008

Lassie - esterilizada em 09/07/08


Esterilizada em 09/07/08

segunda-feira, 7 de julho de 2008

quinta-feira, 3 de julho de 2008

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Coco Chanel - Nov/2008

A Coco Chanel, na verdade é o Chanel. Só no dia da castração foi que descobri que não se tratava de uma fêmea e sim, um lindo machinho. O Chanel ficou tão lindo! É um gato grande e muito peludo! Não dá prá dizer que é o mesmo. Não consegui tirar uma foto boa dele, ainda. Ele não gosta muito da máquina fotográfica...

Campanha WWF - Brasil

video

terça-feira, 1 de julho de 2008

Nescafé



Que tal um Nescafé?!
Carinhoso, alegre e simpático este gatinho deve ter uns 4 meses.

Inho - castrado em 01/07/08