Cada vez que você compra um filhote, morre um animal na carrocinha ou num abrigo.



sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Canil irregular é interditado - Gaspar - SC

Por DANIEL SOUZA - Jornal de Santa Catarina
Gaspar - Responsável por manter um canil onde foram encontrados 10 cães em situação de maus-tratos, o empresário Roberto Zen responderá por infração administrativa, sujeita a multa, e pode ser acusado pelo Ministério Público (MP). O órgão comandou a apreensão de animais em conjunto com a Vigilância Sanitária, sexta-feira, na Rodovia Jorge Lacerda, 2.828.A Vigilância encaminhou uma denúncia ao MP e reúne agora documentos para embasá-la. A multa pela infração ainda não foi definida. De acordo com o diretor de Vigilância e Saúde, Dorvalino Cardoso, o canil não possuía licença e foi interditado. Os cães estão sob proteção de voluntários da Associação Protetora de Animais de Blumenau (Aprablu), em local mantido em sigilo.- Por segurança nossa e dos animais, não podemos revelar onde é, mas vieram para nós com ordem judicial, estão recebendo tudo o que precisam e serão reabilitados. Depois veremos para onde vamos encaminhá-los - explica Barbara Lebrecht, presidente da associação.Barbara foi uma das voluntárias chamadas pela Vigilância Sanitária para socorrer os animais sexta-feira, e conta que eles estavam magros, feridos, passando fome e sede e sujeitos a acidentes por conta da má estrutura do local.De acordo com o diretor da Vigilância e Saúde, o proprietário do canil, que reside em Blumenau, ainda não foi notificado.( daniel.souza@santa.com.br )

Contraponto
O que diz o advogado de Roberto Zen, Evandro Massaneiro:
Massaneiro afirmou que Zen está viajando e não se encontra no Estado. O advogado só irá se pronunciar oficialmente após ter acesso aos detalhes da operação e dados apurados pela Vigilância Sanitária. Massaneiro adiantou, no entanto, que o funcionário responsável por cuidar e tratar os animais não foi encontrado nos últimos dias e que o cliente desconhecia a situação do canil. Ele citou, inclusive, que Roberto Zen integra a Federação Mundial de Criadores de Cachorro e alguns dos animais do canil já teriam ganho prêmios internacionais.
Fim da matéria.
Esse é o retrato do comércio de animais no Brasil. O retrato da exploração animal. Segundo relatos de voluntários da APRABLU, os cães da raça Pastor Alemão eram mantidos em canis úmidos, sem a mínima condição de higiene, famintos, desidratados, feridos, febris, alguns com partes do corpo mutiladas, vivendo sobre diarréia e por falta de alimento chegaram a devorar pedaços de pratos de alumínio, além das próprias fezes. O proprietário possui um canil na cidade de Blumenau e este, na cidade vizinha Gaspar, sem licença e para onde eram encaminhados os cães sem valor comercial. A instalação elétrica era precária com fios elétricos passando na umidade, o que favorecia um curto circuito a qualquer momento.
Os 10 cães foram resgatados à noite encaminhados a uma clínica veterinária, medicados e transferidos para local seguro no dia seguinte, sob responsabilidade da Aprablu, recebendo todos os cuidados médico-veterinários, num local com higiene e luz do sol. São extremamente carinhosos e carentes. O resgate foi autorizado pelo Ministério Público.
Duas cadelas pareciam prenhas. Uma está com abdomen muito inchado, como pode-se ver na foto abaixo. Mal andavam, as patas traseiras de todos estavam descalcificadas.


Os cães foram cadastrados individualmente e já possuiam tatuagem nas orelhas (alguns nem tem mais orelhas). São todos registrados no Kenel Club.


Uma das fêmeas deu a luz a 8 filhotes, 7 sobreviveram. Foi pedida a prisão do dono dos animais. Parabéns à APRABLU e seus voluntários pela ação! Que seja feita justiça e que esse caso sirva de exemplo para evitar que outros aconteçam.


Pelo fim da escravidão animal!

12 comentários:

Luci Lady disse...

parabens aprablu vcs são demais , são verdadeiros anjos dos animais mal tratados ... parabens , parabens...que DEUS abençoe vcs ...

Evelin disse...

Os voluntários da Aprablu são verdadeiros guerreiros, enfrentando riscos e ameaças para resgatar animais em condições indignas.

Carol disse...

Parabéns a todos que trabalham para ajudar todos esses anjinhos... Que isso sirva de exemplo para outras pessoas que maltratam animais...

Elcio disse...

Gostaria de parabenizar os voluntários,pelo trabalho que estão relizando. Adotei uma pastora, que a batizei de Juma, a cinco anos, e nem consigo imagir o qto deve ter sido sofrido p aqueles cães, viverem naquele lugar. Obrigado...agradeço em nome de todos que respeitam os animais.
Deus os abençoe.

Nelson Bronca disse...

Mais uma prova de que a proibição da "venda" indiscriminada de animais é uma dos principais conquistas a serem obtidas pelos defensores dos animais. Quanto às pessoas que se dedicaram a salvar esses animais, seu lugar já deve estar reservado no céu.

Anônimo disse...

Olá, bom saber destre site, tb sou voluntária da Aprablu é bom contar com pessoas como vcs.....obrigada pela reportagem.
Beth

Anônimo disse...

Párabens!

Anônimo disse...

No mínimo esses proprietários doentes de alma, sem coração, deveriam passar pelo mesmo sofrimento destes inocentes cães, que vem ao mundo para nos dar amor incondicional,e quando dizem que tem pessoas que gostam mais de animais do que de pessoas, isso justifica..animais só nos dão amor, e as pessoas só trazem sofrimento e ingratidão.

Lina disse...

Parabéns, vcs são maravilhosos. Parabéns Parabéns Parabéns.:))))

Anônimo disse...

Parabéns, agente tem que acabar com essa idéia de que animal não pode reclamar e temos que descontar neles, as pessoas ficam frutradas com outras pessoas e acabam descontando em aniamais indefesos parabéns por terem dado uma nova chance a esses animais

Anônimo disse...

Eu sou membro da Assciação Jeronimense de Proteção aos Animais e cuidamos de números grandes de anjos animais, fiquei muito triste com o descuido desses amigos nossos parceiros ai.Que tal trocar informações para que eu possa auxiliar na colaboração do canil, sendo que a melhor forma de idéia a dar é a castração das fêmeas e a Educação Animal para comunidades.
miria-pereira@ibest.com.br

Anônimo disse...

Parabens a todos, por acaso nao há maneira de verificarem os maus tratos atraves de fotos de pessoas? no facebook andam videos e fotos de 2 rapazes que andam a fazer mal a caes, gostaria de saber se pode existir alguma soluço