Cada vez que você compra um filhote, morre um animal na carrocinha ou num abrigo.



quarta-feira, 29 de julho de 2009

Tinho está doente

É com muita tristeza que escrevo esta postagem, não apenas por estar comunicando a doença do Tinho, mas pelo fato dele ser um, entre milhares de cães, que tiveram a sorte de serem retirados das ruas mas não tiveram a mesma sorte para conseguir adoção.

O Tinho tem 5 anos, foi recolhido ainda filhote, com a mãe e mais três irmãos num amontoado de lixo, numa calçada perto da minha casa. Estavam todos com sarna, foram tratados e doados, menos o Tinho.

Tá, tudo bem! O Tinho realmente, não se ajudou. Ele foi doado e devolvido duas vezes por não se comportar bem. Teve uma terceira chance de adoção mas queria bater na cachorrinha que já tinha na casa, perdendo a oportunidade de ter uma vida tranquila no interior.

Tenho que admitir que os animais levam muito a sério o nome que ganham. Aquela história que colocam nomes fortes em pit-bulls e cia. (Saddan, Rambo, etc) é fato! O Tinho recebeu o nome por causa do programa A Grande Família, fazendo uma dupla com a irmã, a Bebel, que era um doce, e o Tinho, sempre foi um tinhoso... teve que ser transferido de canil várias vezes pois arranjava encrenca onde ia, não sabe conviver com outros caninos mas com os humanos sempre foi carinhoso e muito dengoso.

Bom, voltando ao motivo principal desta postagem, o Tinho está doente, com insufiência hepática, não tem cura e precisará tomar remédios para o resto da vida.




Há pouco mais de duas semanas, ele apresentou distenção abdominal ou, falando popularmente, barriga d'água, retenção de líquido causada pela disfunção hepática. Na clínica veterinária coletaram sangue e constataram o problema. Começou a tomar um diurético e a resposta foi, quase imediata, desinchando a barriga.

Com isso, a adoção para ele, foi por água abaixo. Se não foi adotado quando estava saudável, quem adotará agora, né?!

Mas o meu desejo é que ele possa ter um restinho de vida feliz e estou aceitando ajuda para o apadrinhamento do Tinho. Ele vai precisar de remédio e também gostaria de um padrinho ou madrinha para banho, para mantê-lo limpinho e longe das pulgas e carrapatos. Acredito que ele também ia gostar se alguém o levasse para passear. Ele anda meio tristinho desde que adoeceu e está precisando de mais carinho e atenção do que eu consigo dar.


Antes de começar o tratamento.




Como dizia a minha vó, apesar da doença, a caixa da bóia tá funcionando perfeitamente!


Interessados em ajudar o Tinho, por favor, entrem em contato pelo e-mail adoteumfocinho@terra.com.br. A medicação que ele vai precisar tomar sempre é o LEGALON 140mg - 1 cápsula ao dia - uso contínuo e ALBUMINA em pó - 1 colher de sopa pela manhã e outra a noite. Foi recomendado também o uso da ração ROYAL CANIN HEPATIC e o diurético, FUROSEMIDA, sempre que necessário.




Depois do diurético, a barriga quase voltou ao normal.

5 comentários:

Cães e Focinhos disse...

amiga,se eu pudesse ajudariamesmo,mas minha situação nao e la das boas ,o que posso fazer e mostrar p meus amigos e ver se alguem se habilita a ajudar,outra coisa que vc poefaezr e uma rifa,de valor razoave e teho certeza que todos ajudam,

Tiane disse...

Obrigada pela sugestão! Se puderes divulgar, já é um ajuda e tanto! Bjinho! Tiane

vilma disse...

Olá amiga! tbem estou na mesma situação, a minha Sofia tbem está com hepatite, alimentando com a hepatc da royal e tomando legalon,
graças a Deus q. elas vieram em mãos certas como nós, q. cuidamos com carinho.... boa sorte!

Anônimo disse...

Puxa como eu queria ajudar pena que minha cachorrinha a "Belinha" tem o mesmo problema que o Tinho tem... Eu irei copiar o link e passar adiante pelo orkut e email para meus amigos.Quem sabe assim alguma pessoa se mobilize a ajudar.
Bjs

caroline disse...

Ah é que eu esqueci de por no comentario acima !! meu nome é caroline e tentarei ajudar ...